Empreendedorismo é um termo bastante usado no âmbito empresarial. O conceito foi usado pela primeira vez por Joseph Schumpeter. Significa implementar uma ideia, fazendo dela um projeto capaz de inovar ou transformar a realidade existente.

A palavra empreendimento também pode ser associada a avanço e crescimento pois empreender é crescer a partir de um pensamento inicial. O termo se refere também a criação de empresas ou inserção de um novo produto no mercado. Empreender é uma atitude que pode ser associada a crescimento. Aquele que empreende aplica uma solução inédita a um problema.

Sua Importância                                                               

A importância do empreendedorismo é que trata-se de uma ação fundamental para a sociedade.  Possibilita a busca de novas ideias para atualizar o que já existe. É através dele que uma empresa ou marca pode alcançar o ápice do desenvolvimento e empresários podem implementar seus negócios.

Uma característica relevante do empreendedorismo é o fato de apresentar muitas expectativas e conseguir atrair olhares e atenção positiva para novos objetivos. Trata-se de saber identificar possibilidades para implementar um negócio lucrativo. Por meio de ações empreendedoras as empresas são capazes de modificar o cenário econômico existente.

Empreendedorismo no Brasil

Foi a partir da era de 90 que o empreendedorismo começou a aparecer. Abriu espaço no mercado brasileiro através de empresas que procuravam aperfeiçoar suas técnicas e ações. Muitas estavam sofrendo certa desestabilização e suas marcas decresciam. Diante disso, e devido a competitividade cada vez maior no mercado, muitos empresários buscaram entender o conceito de empreender para aplica-lo a seus negócios.

Com estas alterações surgiu emergente necessidade de novos profissionais que soubessem empreender. Neste contexto teve início uma nova forma de aprendizado no Brasil. Apareceram os cursos de especialização, os pós-graduação e os profissionalizantes com foco no empreendedorismo.

Os tipos de Empreendedorismo

Com o avanço do empreendedorismo foram surgindo diversas facetas desta atividade. Diferentes tipos foram se definindo. Sendo assim, o conceito se diferenciou conforme o campo a que se referia. Temos atualmente, portanto vários tipos. Apresentamos alguns importantes a seguir.

  • Empreendedorismo Corporativo: Aplicado a empresas, corporações e organizações. O objetivo é a inovação de projetos. O profissional que se responsabiliza por isto é chamado de empreendedor corporativo. Sua função é implementar as atividades da firma com novas ideias e criativos projetos para assegurar o bom posicionamento desta no mercado. Portanto, este empreendedor busca estratégias que impulsionem o crescimento da corporação.
  • Empreendedorismo Social: O propósito deste tipo empreendedor é melhorar a sociedade por meio de projetos que enfatizem o crescimento humano e social, deixando em segundo plano os lucros. Trata-se de um processo de transformação que vai ocorrendo dentro de um contexto em que soluções inovadoras são implementadas. A finalidade é achar soluções para os muitos problemas sociais, culturais e ambientais..
  • Empreendedorismo Digital: O ato de criar um projetos no âmbito digital, seja através de sites ou plataformas acessadas através de computadores ou de celulares. Alguns exemplos tradicionais desse formato são o e-commerce (lojas virtuais), e venda de infoprodutos (cursos, músicas, filmes ou e-books).

O desejo e sonho em ter um negócio próprio é o que impulsiona a cada dia o avanço das empresas e marcas em todo mundo. Constitui importante meio de crescimento social, corporativo e ou digital.

A História

Acredite ou não, os primeiros empresários existiram a mais de 20 mil anos atrás. A primeira negociação que se tem notícia apresenta registros em Nova Guiné, ocorrendo em algum ano próximo à 17.000 ac. Ao que parece, cidadãos de uma tribo local realizavam a troca de vidros vulcânicos utilizados para produzir equipamentos por outros bens como alimentos.

Isso foi se tornando comum com o passar dos anos, realizando cada vez mais trocas entre tribos de diferentes regiões.

  • Revolução agrícola

A primeira grande mudança em empreendedorismo ocorreu durante a revolução agrícola, que ocorreu há cerca de 12.000 anos atrás. Dentro desse contexto, as pessoas deixaram de caçar e passaram a cultivar seus alimentos, tanto os animais quanto os vegetais. Formando as cidades, se viu a necessidade da especialização em diferentes profissões, ocorrendo assim cada vez a evolução das trocas de serviços.

Com o passar dos milênios, grandes cidades começaram a aparecer espalhadas pelo mundo, surgindo assim as rotas comerciais e dando lugar a grandes potências em diferentes áreas, como as negociações de arroz na ásia e de condimentos na Índia, por exemplo.

  • Mercantilismo

O período de 1550-1800 deu origem à filosofia de mercantilismo. Os seguidores desta filosofia acreditava que havia apenas uma quantidade finita de riqueza no mundo. Durante este período, os empresários eram conhecidos mais como comerciantes e exploradores do que como empresários.

  • Capitalismo

O capitalismo tornou-se mais enraizada nas sociedades ao redor do mundo. As teorias do capitalismo foram enraizadas sobretudo a partir de 1776 com a obra de Adam Smith Uma Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações , onde destruiu a ideia de mercantilismo.

Referências Bibliográficas:

Fonte: http://empreendedormoderno.com.br/o-que-e-empreendedorismo/

Pin It

Deixe um Comentário